Ainda coloca açúcar no café?


O café é um alimento que faz parte da rotina diária de uma grande percentagem da população mundial.


A cafeína tem um papel importantíssimo na memória e cognição, actuando na prevenção de doenças neurodegenerativas. Este efeito protector está na sua capacidade de alterar o metabolismo da proteína beta-amilóide: proteína que está na origem da doença de Alzheimer e cuja deposição a nível cerebral culmina na morte neuronal. 
Para usufruirmos de todos os benefícios do café devemos saboreá-lo ao natural, sem qualquer adição de açúcar ou adoçante. Já pensou que se beber 3 cafés por dia, cada um com o seu pacote de açúcar, ao fim de uma semana ingeriu 21 pacotes de açúcar, apenas decorrentes do consumo de café? Isto são uns meros 84 pacotes de açúcar ao fim de 1 mês, gastos em café! Se tivermos em conta todas as outras formas de açúcar que ingerimos, é sem dúvida algo que dá que pensar.

Por isso, fará sempre sentido pensar onde é que queremos realmente gastar os nossos créditos de açúcar: será em café ou num doce ou sobremesa ocasional, no qual ao menos temos plena consciência dessa ingestão? Se tiver dificuldade em beber o café sem açúcar, experimente mexê-lo com um pau de canela ou até adicionar canela em pó: para além de dar sabor, a canela ajuda ainda no controlo da glicemia e apetite por doces. É a combinação perfeita!
Professional Blog Designs by pipdig