Como ganhar controlo sobre as "cheat meals"


A imagem é familiar demais? 😏 
Na perspectiva das “batotas”, é importante ter em conta que, obviamente, um “cheat weekend” terá um impacto muito mais negativo do que uma “cheat meal”. No entanto é essencial sabermos como nos defender, para que a “batota” se cinja a uma refeição e não ao fim-de-semana todo.

Aprenda 5 técnicas para ganhar controlo sobre as cheat meals:

1- Jogar à defesa: refrigerante para acompanhar a refeição? Compre uma garrafa que seja apenas suficientemente grande para a refeição, por forma a não sobrar. Gelado para sobremesa? Opte pelas embalagens mais pequenas. Chocolate de leite? Faça o mesmo, escolha as tabletes mais pequenas. Para a maior parte de nós saber que ainda há chocolate na despensa é o suficiente para não descansamos enquanto não damos conta dele..

2- Não aplicar o “perdido por 100 perdido por 1000”: não será uma refeição mais desequilibrada que irá estragar todos os progressos, se a maior parte do tempo seguirmos uma alimentação saudável

3- Adoptar “regra dos 80/20”: 80% do tempo seguir uma alimentação saudável e guardar 20% do tempo para os alimentos que gostamos mas que não se encaixam nessa categoria

4- Gastar bem as “vidas”. Tal como um jogo, vale a pena garantirmos que gastamos bem as “vidas de batota”: será que prefiro “gastar” 6 pacotes de açúcar num refrigerante ou numa fatia de bolo?

5- Vontade de fazer “batota” a toda a hora? Possivelmente os hábitos alimentares não estão adequados às necessidades. É importante relembrar que ao seguir uma alimentação equilibrada e saborosa, em que não se passa fome, vai-se sentir muito menos necessidade de descompensar
Professional Blog Designs by pipdig